quinta-feira, 10 de março de 2011

Third Dream second Part

Então o padre deu a benção final, e estava feito e já não tinha como voltar atrás, assim Nate tomou Cely em seus braços e a beijou. Ele a puxou para o carro e dali foram a outro lugar onde seria a festa de casamento.

Ao entrar ela encontro sua família e logo foi conversar com Thomas, seu irmão, sobre o que eles fariam a partir de agora já que tudo tinha se resolvido sem maiores problemas, quando Nate veio ao seu encontro e a abraçou, ele parecia tão feliz que ela não pode conter a vontade de lhe devolver o abraço, embora ela se sentisse estranha com toda aquela situação.

Cely levantou-se e foi caminhar pelo lindo lugar, quando ele encontra Vitor. Ela tenta fugir, mas ele não deixa e a abraça sussurrando em seu ouvido: - Por que o escolheu e não a mim? Eu te faria feliz... Mas agora é tarde de mais. Mas você ainda pode escolher! Ela se viu sem saída, mas já não havia nada mais a ser feito e foi então que ela finalmente entendeu e disse a Vitor: - Mas eu já escolhi e todo esse tempo eu havia pensado em Nate como um “problema” já que teria que me casar com ele enquanto a pessoa de quem eu gostava era você, mas em algum lugar disso tudo eu realmente comecei a amar Nate, eu não me importo mais, eu quero ele do meu lado. Deixando Vitor para ela sai daquele lugar encontrando com Nate, ela lhe da um sorriso tímido e então: - Você estava aqui o tempo todo? E ele lhe responde – Sim, tempo o bastante para escutar tudo o que eu sempre quis ouvir de você... E lhe dando um sorriso que ela nunca tinha realmente visto a abraçou!

Eles então começaram sua linda estória de amor... Mas como saber se ela duraria tempo o bastante?

 No dia seguinte a noite eles saíram para ir a cidade, e como essa era linda, com todas aquelas luzes brilhantes, mesclando o antigo e o surreal ao mesmo tempo em que dava um leve toque de romance, eles caminharam sempre de mãos dadas. Mas ela notou que Nate estava preocupado e então ela lhe perguntou o porquê, mas antes que ele pudesse responder Liza a chamou e tão rápido quanto ela percebeu já a estava puxando-a para o outro lado da rua, enquanto ela via Nate cada vez mais distante de si. Quando ele a viu indo, não pensou e correu atrás de Cely, mas não a encontrou e foi quando Damon chegou procurando por Liza.

Cely e Liza acabaram e um beco onde havia três portas, uma preta, uma azul e uma branca... Antes que pudessem tomar qualquer decisão a porta azul se abriu revelando o caminho pelo qual as duas chegaram ali, Cely sabia que teria de ir, mas não queria deixar Nate, justo quando finalmente havia percebido seus sentimentos por ele, sem pelo menos lhe dar adeus...

Liza a puxou em direção a porta quando Nate e Damon finalmente chegaram. Nate segurou a mão de Cely, mas não conseguia puxá-la pra si, era como se uma estranha força os separasse. E foi então que ele lhe disse: - Eu vou te encontrar de novo, no seu mundo, não importa quanto tempo leve, ou que já não sejamos nós, eu a reconhecerei mesmo que a aparência tenha mudado esse anel que lhe dei guardeo até nosso reencontro, isso eu prometo, você está destinada a mim, assim como eu a você. Eu te amo...

E como em um sonho, Cely acordou em sua cama, e tudo o que ela pode pensar foi – Isso foi apenas um sonho, mas então por que me sinto tão nostálgica?... E assim voltou a dormir sem se dar conta do anel que trazia consigo e da promessa de uma vez mais encontrar seu amado.

The End...

So everyone tenho que pedir desculpas pela demora nesse post na segunda parte de Third Dream, mas isso não se repetirá mais. Espero que tenham gostado.
 XoXo June FoxX

Nenhum comentário:

Postar um comentário